sábado, 21 de agosto de 2010

sorri (para moça cantadeira)




sorri,
pois teu sorriso é brandura
em mar de desencanto.
como fosse canção
e da alma, acalanto.

sorri
e bebe da quentura que a vida lhe oferece
pois sorrir é bela arte,
que o peito apetece.

sorri, então,
mesmo quando
dos dissabores.
o sorriso gentil
e o peito em amores,
sê algo harmonia
e em versos brandos,
singela poesia.

Anderson Lobo
(aprendiz de Chaplin, cantor de noites e sonhador sempre)

Sorri (Smile) - Djavan:

3 comentários :

  1. Anderson
    muito lido foi muito gentil de sua parte
    fiquei sem palavras
    obrigado mesmo

    ResponderExcluir
  2. Adorei!!!
    Super bonito e despretensioso!!

    ResponderExcluir