terça-feira, 28 de março de 2017





Sê flor de lótus,
Olha os lírios do campo!
Bebe da serenidade,
Vive da paz do céu anil!
Alimenta-te da brisa que adentra o peito.
Afaga a vida que te convida a bailar,
Dança e sê bruma junto com as folhas de outono.
Sente a alegria da canção da Mãe-Terra.
Canta o renascimento da fênix.
Sente, pois, a manhã, o sol e suas consequências.
Sê, acima de tudo, milagre.
E voa até onde o amor possa te levar.

Um comentário :