domingo, 5 de setembro de 2010

poeta

poeta,

lança teu canto torto.
e desafia os passantes
com versos dissonantes.


poeta,
liberta-te da peia,
do desencanto!
e faze das palavras,
tua mais saudável ceia.

Anderson Lobo

Foto: Filipe Marks

Poesia na Praça Sete - 4º Edição:



Nenhum comentário :

Postar um comentário