quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Feno (cada um colhe apenas o que pode)

-->

O Carro de Feno - Hieronymus Bosch


I

Ciclo, loucura
Absurdo e Samsara.
Dança, alimento,
Armadilha e amarra.

Objeto e fetiche,
Fortuna, quinhão.
Desejo e ouro.
Incerteza, ilusão.

Feno e metal,

Status e fama.
Clero e nobreza.
Ocaso e lama.

II

O carro passa,
cada um colhe apenas o que pode.
[Desvairados e iluminados observam a correria.
Eles sorriem.]
 

Anderson Lobo
(aprendiz de domador de palavras)

Nenhum comentário :

Postar um comentário